quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

MENSAGEM DO MÉDICO EDUARDO LEMOS E FAMÍLIA.


Renovo a minha esperança e fé no ano que se inicia. Espero que as 
famílias macauenses, 
tenham as suas aspirações e desejos
atingidos em 2015.

Eduardo Lemos e família.

UM FELIZ 2015 DE TÚLIO LEMOS E FAMÍLIA.

Amigos macauenses,

Chegamos ao final de mais um ano e devemos agradecer a Deus por tudo que nos aconteceu, em que aprendemos com vitórias e derrotas, acertos e erros.

Rezemos para que 2015 seja repleto de paz, saúde, realizações e muitas felicidades, especialmente para todos nós macauenses.

Que nossa cidade seja vista pelas autoridades com mais seriedade e apreço e que possamos sair da rota dos escândalos que tanto maculam a Terra das Salinas e envergonham seus filhos honestos.

Que Deus proteja e ilumine nossa querida Macau e todos os nossos conterrâneos.

São os votos de Tulio, Andréa, Samuel e Vittória

SOS MACAU DESEJA A TODOS MACAUENSES UM FELIZ 2015.


segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

CÓDIGO TRIBUTÁRIO TERÁ NOVOS CAPÍTULOS.

VEREADOR ANDREW LEITE PODE ANULAR
A VOTAÇÃO DO CÓDIGO TRIBUTÁRIO DE MACAU
A novela do famoso e cruel Código Tributário de Macau poderá ter novo capitulo nos próximos dias. É que a maneira precoce como a Câmara levou para pauta, não passou pelos trâmites legais. 
A Comissão de Redação e Justiça - que é composta pelos vereadores Andrew Leite (Presidente), Joad Fonseca (Membro) e Ely montador (Membro) - emitiu pareceres sem a assinatura do Presidente, saindo empate um voto contra e outro a favor.
O pior de tudo é que o Presidente da Comissão, o vereador Andrew Leite, só ficou sabendo da Sessão Extraordinária horas antes da mesma, não sendo oficializado da sessão. 
O vereador por telefone disse que não iria aprovar, pelo fato de que a população não se inteirou sobre o novo Código Tributário e só iria votar quando esta tivesse tirado todas as dúvidas, como por exemplo uma Audiência Pública. 
O caldo vai engrossar porque o vereador Dércio Cabral e Ely Montador também votaram contra. O vereador deverá procurar o MP e explicar a imprudência da câmara. 

"NÃO SOU CONTRA A COBRANÇA DE IMPOSTO, MESMO SABENDO QUE É TRAUMÁTICO PARA A POPULAÇÃO, MAS A MESMA PRECISA SABER O QUE IRÁ PAGAR COMO TRIBUTOS", disse o vereador Andrew.

sábado, 27 de dezembro de 2014

MACAU E GUAMARÉ EM CAMINHOS OPOSTOS NO QUESITO CARNAVAL.

Mesmo sendo recomendado pelo MP sobre os gastos e as bandas que irão ser contratadas para o carnaval de 2015, o Prefeito de Macau deverá não seguir e deve desobedecer o MP.

Diferente da cidade vizinha Guamaré que irá fazer diferente. Naquele município, será o segundo carnaval da cidade que o prefeito Hélio vai realizar o carnaval apenas com os blocos locais e paredões. Ou seja, agindo diferente de Macau que, mesmo com a arrecadação inferior a Guamaré, vai rasgar o dinheiro público durante os 5 dias de festa momesca. 
Nessa parte, Guamaré começa a respeitar que não é prioridade. Já em Macau, a prioridade sempre foi e continua sendo festas. 

domingo, 21 de dezembro de 2014

CAMPEÃO DE VOTOS

Major Fernandes, 4.744 votos em Macau para deputado estadual.
Com quase 5 mil votos em Macau, que o tornou 1º suplente de Deputado Estadual nas últimas eleições. Apesar disso, o destino e o futuro do Major PM André Luiz Fernandes é uma incógnita. 
Major Fernandes, como ficou mais conhecido no cenário político do Estado, saiu como um verdadeiro campeão de votos na terra de Gilberto Avelino! 
Nas poucas conversas com o Major, não se arranca nenhuma resposta quando perguntamos sobre 2016. Ou seja, nem diz que sim nem diz que não, deixando ainda mais recheada de grandes nomes o lado da oposição. 
O Major anda em céu de Brigadeiro, podendo assumir uma cadeira na Assembleia Legislativa de um jeito ou outro. É que o Deputado eleito Disson está com sua eleição ainda sub júdice.  



sábado, 20 de dezembro de 2014

VAI SER DADA A LARGADA PARA 2016 EM MACAU

Vai ser dada a largada da corrida sucessória rumo à 2016 em Macau
Pelo lado da oposição grupos já começam a se articular entre si os primeiros contatos. Cada um com suas dificuldades, uns tem a distancia entre seus aliados e amigos, outros com problemas de inelegibilidade. É assim que a oposição começa a tentar resolver seus problemas. 
Nomes já conhecidos do eleitor de Macau começam a dar o ar das graças, como os médicos José Antonio, Eduardo Lemos, a ex vereadora Odete Lopes. No cenário de nomes novos vem o atual vereador Dércio Cabral e o jornalista Túlio Lemos do PSD, partido do atual governador Robinson Faria. O outro que caminha também na oposição é o médico Wilson Roberto do PT, que deverá sair independente de uma união das oposições, já que existe recomendações do PT para não fazer alianças com PPS (Dércio Cabral), DEM (José Antonio) e PSDB. Fato acontecido nas últimas eleições. 
Pelo lado da situação o governo corre contra o tempo. São vários testes de popularidades que o atual prefeito Kerginaldo Pinto está passando . E vai passar ainda mais com as demissões de contratados, implantação do novo Código Tributário Municipal, implantação e municipalização do trânsito e a sua cassação eleitoral que esta correndo na justiça. 
A oposição aposta na administração do novo governo Robinson Faria, enquanto a situação aposta no novo governo de Macau. E o ex prefeito onde entra na história?  



" Façam suas apostas..."


Jornalista Túlio Lemos do PDS.
Vereador de oposição Dércio Cabral. 

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

PROCESSO É ARQUIVADO E EMANUEL GALDINO SERÁ O PRESIDENTE DA CÃMARA.

Depois de decisões  favoráveis e decisões contrárias, agora é oficial Emanuel Galdino será Presidente da Câmara Municipal para o 2º biênio dessa Legislatura. 
Os vereadores que representaram contra a decisão da 1ª instância e recorrerem contra a posse do Presidente eleito Emanuel, recuaram e assinaram a desistência  do processo. 
Agora o processo foi arquivado e o ex Prefeito Flávio Veras perde mais uma esse ano.




MP/RN FAZ RECOMENDAÇÕES AO PREFEITO DE MACAU SOBRE O CARNAVAL.

Me causou surpresa nessa semana quando alguns blogs oficiais da Prefeitura anunciaram que o Prefeito de Macau teria tentado ou feito uma parceria com MP/RN em alguns pontos relacionado ao carnaval de 2015. Mas, na verdade, não é bem assim! Pelo grande histórico dos superfaturamentos em festas públicas na nossa cidade, o MP recomendou nesse dia 19 de Dezembro ao Sr. prefeito de Macau, alguns pontos sobre as contratações de bandas. Numa dessas recomendações, o MP pede a não contratação de bandas envolvidas nas investigações da Operação Máscara Negra. Com isso, entrou no rol a famosa Banda Grafith que é umas das investigadas na operação. 
Os vícios dos superfaturamentos, alertou o MP, ocorrem desde a alguns anos, e agora o MP vai coibir esse tipo de crime na região.

Eis a recomendação:

RESOLVE RECOMENDAR
Ao Exmo. Sr. Prefeito do Município de Macau, Kerginaldo Pinto do Nascimento, que para a realização do CARNAVAL DE 2015:
a) somente contrate, por inexigibilidade de licitação, shows de cantores e bandas musicais por meio de empresário exclusivo, quando for demonstrado que os shows de cantores e as bandas musicais, somente podem ser contratada em todo o território nacional, por este empresário exclusivo, que detenha a exclusividade, através do objeto social da sua empresa; ou diretamente o cantor ou a banda, quando estes forem constituídos juridicamente, eliminando qualquer foram de intermediação nas contratações;
b)  que se abstenha de contratar as bandas musicais investigadas nos supra citados procedimentos extrajudiciais, especificamente:
1. BANDA GRAFITH PRODUCOES E PROMOÇÕES ARTISTICAS LTDA – ME, pessoa jurídica de direito privado, CNPJ: 05.088.013/0001-88;
2. GRUPO MUSICAL CAVALEIRO DO FORRÓ LTDA, pessoa jurídica de direito privado, CNPJ nº 01.402.019/0001-27;
3.  BANDA DEIXE DE BRINCADEIRA, pessoa jurídica de direito privado, CNPJ nº 14.898.657/0001-22;
4. FORRÓ DA PEGAÇÃO EDIÇÕES MUSICAIS LTDA, pessoa jurídica de direito privado, CNPJ nº 08.958.625/0001-72 (Padang Produções);
c) que estipule como teto máximo de contratação de bandas de renome local e regional, o valor de R$ 20.000,00 (vinte mil) reais;
Desde já se adverte que a não observância desta recomendação implicará na adoção das medidas judiciais cabíveis, devendo ser encaminhada a esta Promotoria de Justiça até 08 de janeiro de 2015, informações pormenorizadas quanto à adoção das medidas administrativas para o pleno atendimento da presente recomendação.
Publique-se no D.O.E.
Comunique-se ao Centro de Apoio às Promotorias de Defesa do Patrimônio Público.
Macau, 17 de dezembro de 2014.
Isabel de Siqueira Menezes
Promotora de Justiça.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

JUSTIÇA BLOQUEIA BENS DE VEREADORES DE MACAU

A justiça da Comarca de Macau acatou o pedido de sequestros de bens de três dos 11 vereadores de Macau. A decisão do magistrado levou em conta a ação de improbidade cometida pelos vereadores Francisco Batista Bezerra o Champirra, Fátima Jácome e Francisco Pereira o Lampião. 
Click aqui e veja a decisão.

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

FIM DA POLÊMICA: VEREADORES ASSINAM DESISTÊNCIA DA AÇÃO CONTRA ELEIÇÃO DA CÂMARA

Depois de uma arenga das grandes, os vereadores que representaram contra o Presidente da Câmara Municipal eleito, Emanuel Galdino, voltam atrás e fumam o cachimbo da paz. Ao certo não se sabe como isso aconteceu, mas das duas uma: ou o prefeito pressionou os edis ou viram que não iam chegar a lugar nenhum com essa briga. 
Na verdade é que ficou feio para eles, que batiam na mesa dizendo que iriam até as últimas instâncias se fosse  preciso. Mas, pra surpresa de muitos, assinaram a petição de desistência do processo e ponto final. 
Emanuel é o presidente eleito para o 2º biênio! 
Mais uma derrota para o ex Prefeito de Macau, que apostava na derrota de Emanuel na justiça.




MACAU: A CIDADE DOS IMPOSTOS.

Todos nós sabemos das atribuições e deveres como brasileiros, mas a carga tributária implantada no novo código tributário de Macau veio pra esvaziar os bolsos e dar uma injeção de desanimo nos que aqui investiram e pretendiam investir. Enquanto isso, outras cidades se dão ao luxo de inserir algumas isenções de impostos e tributos para incentivar o comércio e os serviços de pessoas físicas, Macau parte na contra mão nesse quesito. 
O IPTU é um imposto legal, mas se for rever esse novo código que o executivo mandou para Câmara, de início se percebe que estão usando um termo quase como imposição. Os vereadores terão que ouvir a população e verem com bons olhos esse projeto, até porque vai inviabilizar quem queira investir na nossa cidade. 
Tem que ser aprovado? Sim!
Mas. com algumas mudanças e emendas discutida com a população.   

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

LIMINAR SUSPENDE POSSE DA MESA DIRETORA ELEITA PARA 2º BIÊNIO EM MACAU.

A eleição da Câmara de Macau toma novos rumos! A posse da Mesa Diretora é suspensa até que julgue a apelação. A liminar foi impetrada pela vereadora Gerusa Fonsêca e outros vereadores. Agora a demostração da fraqueza do atual prefeito é evidente e surge o fortalecimento do ex Prefeito. A decisão deverá ser recorrida pelo competente advogado de Emanuel Galdino Felipe Cortêz.



FLÁVIO E KERGINALDO: " SEPARADOS OU BRIGADOS?"

Para quem achava que o afastamento do ex-Prefeito Flávio Veras, da Prefeitura de Macau, por decisão do atual prefeito Kerginaldo Pinto, se tratava de teatro…No Carnatal, fonte do Blog viu quando os dois se cruzaram no corredor da folia…sem se cumprimentarem. No final da mesma noite, coincidentemente, novo encontro, num restaurante. Nada de cumprimento. Kerginaldo e Flávio são do PMDB. Kerginaldo foi Secretário Municipal na gestão de Flávio e eleito prefeito com apoio dele. Em Macau sempre se disse que o prefeito era Kerginaldo, mas quem mandava era Flávio. Foi disso que Kerginaldo quis se livrar. O segundo encontro foi no Bela Napoli e Kerginaldo deu meia volta e voltou, quando viu Flávio em uma das escadas do camarote Skol...uma plateia de macauenses que estava proxima presenciou

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

MP/RN OFERECE DENÚNCIA A EX PREFEITO E MAIS 14 PESSOAS PELOS CRIMES DE FORMAÇÃO DE QUADRILHA.

O Ministério Público do Rio Grande do Norte em Macau ofereceu 11 denúncias contra 15 pessoas pelos crimes de formação de quadrilha e desvio de dinheiro público da Prefeitura de Macau/RN, que totalizam o valor de R$ 371.331,11. O grupo, composto por servidores públicos municipais e empresários locais, desviou dinheiro público através da contratação de bandas para as festas juninas do ano de 2012. Entre os envolvidos estão o ex-prefeito, Flávio Veras, a atual Secretária de Turismo, Sâmya Loraine, e o servidor público municipal, Irineu Cândido de Souza Júnior.

As 11 denúncias foram oferecidas nesta quinta-feira (11/12), após o fim das investigações do Inquérito Civil nº 098/2014. De acordo com a denúncia, o grupo contratou sem licitação 15 bandas de forró para as festividades do São João em 2012, com valores superfaturados.


O esquema consistiu na contratação de bandas, de forma direta e através de empresários locais, sem licitação, de forma a manipular os valores dos cachês. A investigação descobriu que os contratos eram, na verdade, de fachada, pois toda negociação e pagamento ocorria através do empresário oculto, José Romildo da Cunha, e do servidor público Irineu Cândido que ficavam com parte do dinheiro que deveria ser pago às bandas e distribuíam entre os associados do crime.


Nas denúncias, foram descritos 33 fatos criminosos praticados pelo grupo contra a administração pública. Entre os crimes tipificados estão peculato, crime de responsabilidade do ex-prefeito, fraude a licitação e organização criminosa. As penas podem chegar a 20 anos de prisão.


Além das denúncias, o Ministério Público Estadual moveu, também, Ação de Improbidade Administrativa contra as mesmas 15 pessoas, referentes ao fatos investigados, solicitando, entre outros pedidos, ressarcimento ao erário pelo prejuízo que o grupo causou ao Município de Macau.

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E VEREADORES DERRUBAM A LEI " FLÁVIO VERAS "

A lei aprovada esse ano trouxe um grande prejuízo para classe! 
Assessorado pelo ex-Prefeito, o atual prefeito Kerginaldo Pinto tomou uma decisão e enviou uma lei para o legislativo retirando o pagamento das regências dos professores. 
Até já batizaram a Lei de "LEI FLÁVIO VERAS".
Diante do rompimento e de uma articulação do novo Secretário de Educação, o Padre Lenilson, o Prefeito Kerginaldo Pinto, já sem a assessoria do ex-Prefeito, mandou um veto para câmara e derrubou a "Lei Flávio Veras". 
O mais importante disso é que a educação começa a respirar outros ares e com uma grande esperança. 

NOVO SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO TRAZ DE VOLTA BENEFICIO PERDIDO PELOS PROFESSORES EM MACAU

Depois de várias tentativas apresentadas pelos professores municipais em Assembleias e de posterior ameaças de greve, o novo Secretário de Educação mostrou que tem a intenção de fazer apenas a gestão da educação.
Ao chegar no cargo já articulou com o Prefeito e a Câmara de Vereadores de forma a convencê-los a revogarem a Lei que retirou a Regência de alguns profissionais da categoria. 
O novo secretário, Padre Lenilson, em poucos dias, já conquistou um grande benefício que tinha sido retirado dos professores de Macau. 
Que continue assim a nova gestão da nossa educação! 
Um dos compromissos do novo Secretário foi cumprido, a Câmara aprovou uma emenda e revogou a lei aprovada irresponsavelmente pela sua maioria. 
A Lei FLÁVIO VERAS agora está revogada!

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

EX PREFEITO SINALIZA PREGAR A PAZ NA CÂMARA E SE APROXIMAR DO PRESIDENTE ELEITO.

O novo cenário do governo municipal de Macau vai ter interferência em muitas coisas e  não será diferente na Câmara Municipal. 
Com a eleição da mesa em questionamento e com recursos ainda correndo na justiça, o Presidente da Câmara Municipal Emanuel Galdino briga na justiça contra a apelação dos vereadores Gerusa Fonseca, Fátima Jácome, Champirra e Lampião, todos da base governista aliados do prefeito Kerginaldo Pinto. 
É aí que começam os questionamentos a respeito do novo cenário político de Macau! 
Emanuel espera que o Prefeito Kerginaldo Pinto intervenha no processo, apelando aos vereadores rebeldes, porém o Prefeito até agora não se interessou ou não obteve êxito. 
Diante desse fato, contatamos que entra o ex-Prefeito Flávio Veras. Este poderá resolver o problema do presidente eleito Emanuel Galdino e com a habilidade que tem tem na relação com os vereadores Gerusa, Champirra, Fátima e Lampião, poderá conduzir a paz entre o presidente eleito e os vereadores. 
O interesse do ex-Prefeito é evidente e todos podem perceber, haja vista as contas referente ao ano de 2008 do ex-Prefeito ainda se encontra naquela casa e nas mãos dos vereadores. 
O Prefeito Kerginaldo poderá ressuscitar o ex-Prefeito por falta de pulso com os vereadores da sua bancada.

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

MACAU: GESTORES E FISCALIZADORES DO POVO, NA CONTRA MÃO DA CIDADANIA.



Em tempos recentes, vendo e lendo algumas leis, fiquei um pouco decepcionado com a atuação de alguns gestores, vereadores e pessoas que se propõem a fazer parte de Conselhos Municipais, e que deveriam fiscalizar a coisa pública e não os fazem. Por que digo isso? Porque a cada dia me deparo com posturas de “representantes do povo” que agem mais ou menos dessa forma: negociam cargos comissionados, contratos e outros benefíciospara manter votos e acordos políticos. Eu até entendo que pode não se tratar de problema ou desonestidade por parte desses supostos fiscalizadores, mas nem tudo é tão simples assim.Pois,se agem como desonestos, podem naturalmente ser confundidos com eles. Quando se trata de Cargos Comissionados, por exemplo, a maioria desses “acordos” são para pessoas que não trabalham pessoas que não moram na nossa cidade, “amigos” que fingem que trabalham. Ou seja, pessoas que recebem como Comissionados, com cargas horárias de 40 horas semanais, que trabalham em empresas locais ou em empresas de outras cidades, que não trabalham em lugar nenhum e ficam em casa recebendo sem trabalhar, que moram em Macau ou em outra cidade. Ou seja, quero deixar bem claro aqui que não sou contra a qualquer forma de oportunidade de emprego, mas que as pessoas recebam remuneração com dinheiro público, mas faça jus ao salário que ganham. Para mim, a pessoa pode até morar em outra cidade, mas que faça o trabalhoque as funções de Cargo Comissionado exigem.Ninguém pode esquecer que se trata de dinheiro do povo! Até quando os nossos Gestores, Vereadores e Conselheiros vão agir assim? Tenho dito repetidamente que a nossa Justiça demora, mas não tarda; que nossa Justiça é cega, mas gosta de ver à noite. Um dia veremos todos os que fazem essas manobras e artifícios, ilícitos ou não, serem responsabilizados pelo que estão fazendo. Todos pagarão pelo que estão fazendo e perceberão que determinadas práticas, que viabiliza os votos nas eleições de hoje, serão a causa de suas ilegibilidades. A Lei de Responsabilidade Fiscal, a Lei de Acesso à Informação, a Lei da Ficha Limpa e, em breve, a Lei Ante Corrupção está municiando a sociedade para se defender contra esses mal feitores. Hoje, os Portais das Transparências já nos permitem ver, analisar e separar o joio do trigo! Não esqueçam: a punição é só questão de tempo! Se liguem!

Helder Marques

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

MÉDICO EDUARDO LEMOS É HOMENAGEADO NOS 180 ANOS DA POLÍCIA MILITAR DO RN.

O médico macauense Eduardo Lemos foi uma das autoridades homenageadas nesta terça-feira (2) com a Medalha do Mérito Policial Luiz Gonzaga, às 9h, no Centro de Convenções da Via Costeira. Ao todo, o Comando Geral da Polícia Militar do RN concedeu 114 medalhas a integrantes daquela força de segurança pública e cidadãos que prestaram serviços àquela corporação. A Polícia Militar norte-rio-grandense faz 180 anos e reconhece aqueles que durante anos ajudaram a instituição, o médico macauense não fica fora desse elenco e através do serviço prestado ao Hospital da Polícia Militar é reconhecido com essa graciosa medalha. A Polícia Militar aprovou a medalha em seu regulamento em 1977. A honraria é conferida à integrantes da corporação, membros das Forças Armadas e cidadãos com relevantes serviços prestados à PM e à Segurança Pública do Rio Grande do Norte, nos aspectos militar, científico, social ou econômico. Nesta terça, além de magistrados. Ainda durante a cerimônia, será realizada a entrega de 196 Medalhas Bento Manoel a policiais militares e civis que se destacaram, de forma eficiente e eficaz, no desempenho profissional da atividade de segurança pública. O ex pároco de Macau Edilson Nobre também foi homenageado.


CEL MD KLEBER CAVALCANTI E O MÉDICO EDUARDO LEMOS

MÉDICO EDUARDO LEMOS E PADRE EDILSON DE NOBRE. 



segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

PREFEITO DE MACAU PODE ESTAR SENDO VÍTIMA DE BOICOTE DENTRO DO GOVERNO.

A administração pública de Macau vem sofrendo inúmeros reversos de sustentabilidade política administrativa. 
Recordemos um pouco:
Em meados de junho/julho de 2013, o prefeito Kerginaldo Pinto sofreu o seu primeiro apagão. Quem não se lembra do anúncio do Prefeito de que iria demitir todos os cargos comissionados? Lembro que todos haviam sido admitidos por ele mesmo. Ou não? Ou teria sido pelo seu interlocutor?
Então vejamos... Naquela ocasião um grupo de vereadores que dá “sustentação” ao Prefeito Kerginaldo Pinto até hoje, ameaçou um possível rompimento, caso ele demitisse todos os cargos comissionados. Nessa ocasião, elaboraram uma ATA, onde exigiam várias reivindicações e a não demissões de todos os cargos comissionados. 
O Prefeito não só atendeu a reivindicação como também se desfez de muitos contratos de serviços. E dos tantos vereadores que ameaçaram romper, apenas dois resistiram por mais alguns dias. Mas, passados algum tempo, logo voltaram ao ninho do Pinto, confirmando que todas as medidas adotadas eram corretas. 
Naquele momento, alguns observadores políticos afirmaram que fora a distribuição com benesses e secretarias a razão do "cala boca" e que, coincidentemente, parentes de vereadores encabeçaram a lista do alto escalão do prefeito Kerginaldo. 
Já em agosto de 2013, mais uma baixa... E desta vez não ficou só nas ameaças! O Vice-Prefeito Einstein Barbosa rompeu com o governo e recebeu o apoio dos dois vereadores que ainda resistiam ao rompimento anterior. 
Lembro que a conjuntura tinha professores nas ruas, guardas municipais em greve, e o povo, posteriormente, se juntou aos professores e a guarda municipal, principalmente os comissionados demitidos.
E tudo isso acontecendo com a inapta Câmara Municipal de Macau calada! Apenas uma voz ecoava da Tribuna daquela casa: a do vereador de oposição Dércio Cabral. 
Então a partir daí, delineou-se a seguinte situação: os dois vereadores rompidos, o único vereador da oposição e o vice-Prefeito abriram os caminhos para oposição começar a fazer uma enxurrada de denúncias contra o mau uso do dinheiro público. Fizeram denuncias na Promotoria Pública de Macau, e em Natal, no Gaeco, na Polícia Federal e no Marcco. A maioria ainda em fase de investigações. 
Agora nos deparamos com mais uma situação constrangedora para o Governo do Prefeito Kerginaldo Pinto: com a sua “reforma administrativa” rompeu com o seu criador e trouxe de volta o vice-prefeito! Tudo isso desestabilizará mais uma vez o Governo e levará a administração da cidade de Macau a uma situação de crise e atingir o seu povo, que já anda sofrido com tantos descasos. 
As consequências já começam a ser notadas! Vejam, por exemplo, no início do mês de novembro, as equipes dos PSFs do Valadão e da Ilha de Santana interromperam seus atendimentos à população porque a energia daqueles estabelecimentos de saúde fora cortada. Na semana passada, foi à vez da Escola “Modelo” (que ironia o título "Modelo"), que teve seu fornecimento de energia suspenso por irregularidade no sistema elétrico, deixando as atividades vespertinas pela metade e as atividades noturnas completamente paralisadas. 
E vocês acham que parou por ai? Não, depois foi a vez da secretaria municipal de saúde parar suas atividades também porque cortaram a sua energia.