domingo, 29 de junho de 2014

A QUEM INTERESSA ?

O mercado modelo Albino Melo em Macau sempre foi uma válvula de escape para os gestores de Macau, quando menos se espera aparece uma obra ou uma reforma pra ser feita no mercado modelo. O mais novo método que estão jogando pra cima do mercado, é o famoso "aditivo", a quem interessa esse aditivo no contrato da obra do mercado modelo depois de 4 meses? Uma obra que custou 206 mil reais pra se reparar a cobertura metálica do mercado, depois de 4 meses a prefeitura de Macau aditiva mais 56 mil reais em cima baseado em planilhas de custos com readequações. O que chama mais atenção, é que desde o início da obra até o final, o ex prefeito não saia de dentro da obra, até mesmo os carros particulares do ex gestor, foram contratados ou cedido voluntariamente para realizar a obra do mercado modelo.






Contrato da licitação com o valor de pouco mais de 200 mil reais



Aditivo com mais 56 mil reais na obra do mercado modelo

PR/MACAU: SEM COMANDO E SEM RUMO.

O PR, partido republicano em Macau já vinha praticamente sem comando, só que após a eleição da nova mesa diretora da câmara se concretiza essa falta de comando visível. O partido que tem no comando o secretario de educação Rodrigo Aladim, já vem perdendo o comando a tempo. O PR perdeu logo no início do mandato o vereador Ely Montador, segundo o vereador o  presidente do PR não tinha pulso no comando do PR, logo depois o vereador Emanuel Galdino se elegeu presidente da câmara sem o apoio do PR e por último o vereador Dantas votaria no Major Fernandes para deputado, e pra sorte do PR de Macau, Dantas só não vota no Major pelo fato do Major esta numa coligação adversária, se não o PR perderia mais um apoio em Macau.

quarta-feira, 25 de junho de 2014

EX PREFEITO DE MACAU PERDE NO STF E ESTA MAIS PRÓXIMO DA CADEIA.

Em uma noite de fogueira de São João nada agradável, o ex p ex prefeito de Macau Flávio Veras recebe mais uma decisão contrária no STF, decisão essa que deverá levar a execução da sentença e levar a prisão o ex prefeito. Flávio já é bastante conhecido da justiça, com várias condenação, ontem a 2ª turma do STF negou o HC 117719 que requeria uma redução de pena para o ex prefeito que também esta sendo investigado na operação "Máscara negra", uma investigação de desvio de recurso oriundo de contratos de bandas para festa públicas no município de Macau. 


Decisão contrária ao ex prefeito.


terça-feira, 24 de junho de 2014

MACAU: A FARRA COM OS FUNCIONÁRIOS FANTASMAS CONTINUA...

1ª dama de Macau e Letícia, mais um funcionário
fantasma da prefeitura de Macau
Não pensem que é piada ou repetição! Mas, trata-se de mais um ato de irresponsabilidade do prefeito Kerginaldo Pinto em nomeações de cargos fantasma. 
O prefeito já  é conhecido, quando se trata desses casos de assombração, como o pior de todos os que são ligados ao seu patrão e ex-Prefeito Flávio Veras.

Na foto ao lado, por exemplo, aparece ao lado da 1ª dama do Município, Letícia, que é companheira do ex-Prefeito e mora na capital do estado.
Letícia também não trabalha, apenas recebe! Até o ano passado, assumia um cargo com renumeração de 2 mil reais. Mas, não se contendo, o ex-Prefeito ordenou ao atual prefeito que  aumentasse o salário da companheira, mesmo não trabalhando, para R$ 3.500,00. 
Quanto custa um funcionário fantasma desses aos cofres público ? O MP vai cruzar os braços quanto a isso também? Os vereadores irão cobrar explicações ao Srº Prefeito sobre esses casos de funcionários fantasmas? Aguardaremos resposta.



Antigo salário da companheira do ex prefeito de Macau.

Atual salário da companheira do ex prefeito de Macau.


sábado, 21 de junho de 2014

PREFEITURA DE MACAU MAIS PARECE UM CEMITÉRIO DE TANTO FANTASMAS.

Kézia Veras, irmã de ex-prefeito exerce cargo fantasma
Com o histórico recheado em casos de funcionários fantasmas, o prefeito Kerginaldo Pinto realmente assume que é manobrado por outra pessoa e nomeia mais um, ou melhor, UMA assombração: Kézia Veras. Residente em Assu, a irmã do ex-prefeito  foi nomeada em abril para assumir um cargo no gabinete do atual prefeito. Isso mostra, ou melhor, confirma que o ex-prefeito tem se sustentando às custas da PMM, dando expediente, determinando obras, fiscalizando-as e nomeando familiares e amigos no atual governo. Sem falar que até a sua atual companheira também assume um cargo no gabinete do "prefeito". Vale salientar que enquanto o ex-prefeito também era servidor da prefeitura, ela recebia em torno de 2 mil reais, quando FV foi exonerado, o seu salário dobrou. Será coincidência???   O MP deve ser informado desses casos, até porque essas pessoas não cumprem expediente, apenas recebem seus salários todos os meses.



Nomeação da irmã do ex prefeito de Macau





quinta-feira, 19 de junho de 2014

VEREADORES DE MACAU E O SERVIÇO PELA METADE.

Vereadores não fiscalizam o município.
Os vereadores Francisco Pereira (Lampião),Fátima Jácome e Gerusa Fonsêca foram até corajosos e adentraram os corredores do Forum de Justiça em Macau, mas não seria tão ridículo se não fosse apenas para questionar uma eleição da mesa diretora da Câmara. O que seria heroico, seria se esses "corajosos" vereadores tivessem ido a justiça, cobrar aceleração na operação máscara negra que segundo investigações do MP, o ex prefeito e outros integrantes, desviaram milhões dos cofres públicos, seria mais louvável os vereadores Lampião,Gerusa, e Fátima Jácome cobrarem ou denunciarem o prefeito pelo superfaturamento no carnaval de 2013 e 2014, seria mais bonito, se os vereadores denunciasse o prefeito pela reforma da creche de Barreiras por um valor acima de 200 mil reais, seria mais honroso se esse três vereadores denunciassem onde anda quase 5 milhões de cestas básicas que o prefeito licitou e não distribuiu até hoje, uma limpeza urbana que custa ao cofres públicos mais de meio milhão de reais... eles sabem disso será? " Uma pena que esses vereadores tenham apenas coragem pra umas coisas e muitas não. "  



Fátima Jácome, Lampião e Gerusa Fonseca, se omitem em fiscalizar o governo.
                        

JARDINAGEM: Macau e Mossoró tem gastos bastantes diferentes no serviços de jardinagem.

Se compararmos as cidade de de Macau e Mossoró, a primeira diferença que se percebe é entre a população e o tamanho da cidade. Mas com todo essa diferença percebemos que não fica apenas nisso não, os serviços de jardinagem e das áreas verdes da cidade de Mossoró, custa pouco mais de 200 mil reais ao mês para os cofres público de uma cidade de quase 300 mil habitantes, já em Macau, uma cidade de 30 mil habitantes, a prefeitura custeia esse mesmo  serviço por 130 mil reais,se questionar a diferença entre Macau e Mossoró percebemos que há algo de muito estranho nisso. Resta saber quem irá investigar isso, o MP ou os vereadores de Macau? até porque é uma diferença muito grande.



Serviço em áreas verdes de Macau,uma cidade de 30 mil habitantes



Serviço em áreas verdes de Mossoró,uma cidade de quase 300 mil habitantes.

quarta-feira, 18 de junho de 2014

CONCURSO PÚBLICO TEM PROVA ANULADA POR RECOMENDAÇÃO DO MP EM MACAU.

Prefeito e comissão do concurso.
Com um histórico recheados de corrupção e outras mazelas por parte dos últimos governos, a cidade de Macau volta a ser notícia novamente relacionada ao concurso público, mais uma vez com a imagem negativa. O MP recomendou ao prefeito que anulasse a prova do último concurso público de Macau, especificamente para a função de enfermeiro, motivado pela suspeita de fraudes nessa prova. E assim a nossa cidade vai sendo vista como a cidade não só dos funcionários fantasma,dos máscara negras,dos salários de marajás,do nepotismo, das obras superfaturadas,dos carnavais de 7 milhões de reais, e agora de um concurso sob suspeita. Lamentável.





segunda-feira, 16 de junho de 2014

EDUARDO LEMOS REÚNE AMIGOS EM MACAU E VAI PARTICIPAR DA ELEIÇÃO DE 2014.

O médico e líder do PSB em Macau Eduardo Lemos, reuniu no último dia 7 em Macau, um grupo de amigos e militantes do PSB numa tarde de descontração e animação. Eduardo  irá participar da eleição de 2014 e mais uma vez trará o nome da ex governadora Wilma de Faria para o senado e a filha Márcia Maia para deputada estadual. O PSB de Macau respeita a decisão do partido em apoiar o deputado do PMDB Henrique Alves para o governo, mas não concorda e dificilmente acompanhará o deputado do PMDB. Eduardo lembra que votando em Henrique, é alimentar o desgoverno que se instalou em Macau.













sábado, 14 de junho de 2014

COMPORTAMENTO DESEQUILIBRADO E DESESPERADO DO EX PREFEITO, LEVA EMBATE DO EXECUTIVO E LEGISLATIVO DE MACAU.

Ex prefeito tumultua sessão da câmara de vereadores
Com o comportamento de puro desequilíbrio e desespero do ex prefeito e patrão do atual prefeito Kerginaldo Pinto,esta levando a um grande embate o legislativo e o executivo municipal de Macau. Com a eleição de Manoel do Gago para presidir o 2º biênio da câmara de vereadores, o ex prefeito não se conteve com a derrota na câmara, tentou a todo custo anular a eleição, chegando protocolar na justiça através dos vereadores Gerusa Fonseca,Fátima Jácome,Lampião e Champirra, um mandado de segurança tentando anular juridicamente a eleição. Não concordando com a atitude do ex prefeito,um grupo de vereadores já articulam uma possível oposição consistente e fortalecida na câmara de vereadores. Com o governo sem gestão e com vários indícios de irregularidades, os vereadores já citam alguns pontos de investigação, como por exemplo a limpeza urbana de Macau, que chega a custar mais de meio milhão de reais, a outra questão que chama a atenção dos vereadores é o valor alto de contratos para compra de alimentos para cestas básicas que chega a quase 5 milhões de reais em pouco mais de um ano. 

Manoel do Gago, não é aceito pelo governo.

terça-feira, 10 de junho de 2014

INADIMPLÊNCIA JUNTO AO INSS PODERÁ ZERAR F.P.M. DE MACAU.

Com uma dívida de mais de 12 milhões, a cidade de Macau poderá ser penalizada e ter os recursos do F.P.M. retidos junto a previdência. São débitos das gestões anteriores e atuais, até mesmo parcelamentos de negociações que não foram cumpridas, levando um volume de débitos junto a previdência.



FEIRAS PEDAGÓGICAS EM MACAU, VIRARAM FEIRAS FANTASMAS.


Prefeito e secretários de educação, lançando o programa de cestas básicas.
A falta de gestão e compromisso do atual governo de Macau se completa com com as inverdades e promessas ao tempo.A câmara de vereadores aprovaram uma lei que regulamenta a distribuição de cesta básicas no município de Macau visando coibir a evasão educacional no nosso município, porem o atual prefeito virou as costas para esse programa, deixando de distribuir as famosas "feiras pedagógicas." O que chama a atenção é os valores altíssimos que a prefeitura vem tendo com compras de cestas básicas e gêneros alimentícios, somente em pouco mais de um ano a prefeitura licitou e contratou a empresa W.B. Comércio um valor de quase 5 milhões de reais em cestas básicas e gêneros do tipo alimentícios Conforme os diários oficias em anexo:

programa Cartão família 010/2013 (março/2013)-R$: 1.807.610,00
programa Carona 002/2013 (abril/2013)-R$: 1.728.794,93
Programa Carona 001/20013 (janeiro/2014)R$:1.415.049,36
Total = R$: 4.951.454,29  



Prefeito e secretário de educação, lançando o programa de cestas básicas








PREFEITO DE MACAU DESCUMPRI DETERMINAÇÃO DA JUSTIÇA E NÃO FORNECEM OS DIÁRIOS OFICIAIS.

O prefeito de Macau Kerginaldo Pinto esta na mesma linha do seu líder político e ex prefeito de Macau, é que no mês de fevereiro, Kerginaldo Pinto foi determinado pela justiça que forneça os diários oficias do município. Mesmo assim o prefeito de Macau descumpri uma determinação da justiça, onde uma cópia da sentença já foi encaminhada para o MP, e apurar um possível inrregularidade. Os diários oficias não eram informados mas numa ção do vereador Dércio Cabral, onde foi ajuizado uma liminar para que fosse determinado as publicações dos diários, mesmo assim com o deferimento determinando a publicação do mesmo até o final da gestão atual,  e o mesmo não esta sendo cumprida pelo prefeito de Macau.





segunda-feira, 9 de junho de 2014

A UM CUSTO MENSAL DE MEIO MILHÃO DE REAIS, SERVIÇO DE LIMPEZA URBANA EM MACAU LEVANTA SUSPEITAS.

A TCL, empresa responsável pela limpeza pública de Macau, vem tendo tratamento vip por parte da Prefeitura do Município. Para constatar o tratamento diferenciado dispensado à TCL, basta atentar para os equipamentos públicos que a empresa usa no dia dia da nossa cidade, como por exemplo, o uso das máquinas pá carregadeiras, doadas pelo programa do Governo Federal-PAC.
No entanto, o que chama mais atenção na relação TCL/Prefeitura é o fato do Governo Kerginaldo Pinto pagar à empresa TCL, pelo serviço de limpeza urbana,  um valor mensal de mais de 340 mil reais e, ainda assim ter uma despesa na folha de pagamento com Garis no valor mensal que ultrapassar 160 mil reais, conforme apontam dados colhidos no Portal de Transparência. 
A indagação que o Blog faz é: Onde estariam esses Garis da Prefeitura? uma vez que o que observa na Cidade é que a limpeza  Urbana vem sendo feita por funcionários da TCL.Ou seria o inverso?os funcionários da Prefeitura (Garis) estariam prestando serviço à TCL? 



TCL recebe mais de 340 mil reais pela limpeza do município


Limpeza pública de Barreiras

Limpeza pública de Diogo Lopes

Fiscais de limpeza

Limpeza pública da Ilha de Santana
Limpeza pública da Cohab

Limpeza pública de Macau.